Como trainee e agora gerente de gestão de pessoas e estratégia na diretoria de Operações da CATI Jr., tenho realizado várias atividades sobre comunicação interna e de metodologia de gestão de empresas num curto período de 2 meses como colaborador da EJ (Empresa Júnior). Nesse post, tenho a intenção de compartilhar alguns pontos que obtive conhecimento nessa parte.

Dentro da comunidade que o MEJ — Movimento Empresa Júnior— criou nos últimos anos, notei que a maioria das palestras e workshops apresentados estão relacionados a vivência empresarial, no qual se baseia em possuir uma boa gestão e comunicação dentro da empresa para conseguir realizar suas metas propostas no começo de cada ciclo, mas nem todas as empresas conseguem incutir isso na sua cultura empresarial. Contudo, com indicações de membros antigos da minha EJ e de bastante pesquisas, uma vertente que achei muito importante tanto para empresas ou até mesmo na vida pessoal é ter objetivos e metas sólidas e compreender o caminho para atingi-las, utilizando uma metodologia de gestão: OKR.

Metas de sucesso é a solução

Para uma empresa ter sucesso na sua área de atuação, não basta ter os melhores profissionais da área ou uma infraestrutura perfeita com tudo à disposição, se não possuir metas para direcionar seus colaboradores a um objetivo maior. Não adianta ser metas simples, pois logo serão esquecidas e deixadas de lado, mas sim metas de sucesso onde vão influenciar os membros a atingirem o mais rápido possível para criarem um legado dentro dela.

Com o decorrer de algumas semanas na empresa, em uma reunião geral a Diretoria de Operações notou que poucos colaboradores lembraram das metas da empresa que foram estabelecidas no começo do ano, a partir dessa deixa conversei com a direção da minha EJ e propus a ideia de tentarmos implementar um modelo famoso de gestão empresarial baseado em objetivos e resultados chaves, o OKR — Objective and Key Results.

Primeiro passo para o crescimento

A partir do aval da presidência para começarmos a aplicação desse framework, eu em conjunto com meu parceiro de equipe, obtivemos os dados essenciais de cada setor da empresa para elaborarmos as metas e os objetivos das mesmas, focando nas metas macro da CATI Jr. e criando nosso próprio modelo de OKR, pois nada é escrito em pedra.

A partir de métricas que obtemos das metas propostas, conseguimos verificar a efetividade das mesmas e assim aplicar esforços maiores em certos setores da EJ para conseguirmos nosso crescimento dentro da rede e assim sermos referência.

Um passo de cada vez

Como esse é nosso primeiro semestre, aplicando essa ferramenta, ainda não temos uma conclusão definitiva, mas pelo andar do processo e da estratégia criada, posso prever um resultado bem positivo para a CATI Jr., no qual ela vai conseguir realizar sua meta de ser referência dentro do MEJ Paulista na área de TI, criando uma ótima imagem pela nossa vivência empresarial.

Texto por Hugo Souza, membro de Operações da CATI Jr.


0 comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Abrir chat
Precisa de ajuda? Fale conosco!